932570294937911
top of page

Do Artificial ao Natural: O Caminho Gradual para uma Cosmética Natural e Saudável


Cosmética Natural

Por Natalia Jonas, Fundadora da Vegalótus, gestora ambiental, pós graduada em cosméticos naturais, veganos e sustentáveis e aromaterapeuta integrativa.



Quando falo sobre o caminho gradual para uma cosmética natural e saudável, estou, na verdade, compartilhando minha própria jornada de transição e a redescoberta de saberes ancestrais. Desde o começo, muitas de nós já estamos imersas na cosmética convencional que é facilmente encontrada em farmácias e supermercados. Mas para fazer mudanças reais em nossas vidas, precisamos abraçar essa transição de maneira genuína. Afinal, não é da noite pro dia, não é mesmo? Sem soluções instantâneas, por aqui quero estimular ações conscientes. Sem mentir que é fácil, mas que tem sua recompensa e com certeza vale a pena.


Quero conversar com vocês sobre como tornar essa mudança suave, abraçando um estilo de vida mais consciente e sustentável. E o que pode ser mais emocionante do que incorporar práticas de autocuidado poderosas em nossa rotina diária?


Escolher cosméticos naturais é dizer NÃO a diversas substâncias sintéticas com potencial tóxico a nossa saúde e ao meio ambiente. É QUESTIONAR nossos hábitos de consumo e como nutrimos e cuidamos do nosso corpo. É se POSICIONAR como uma consumidora consciente que faz o seu melhor possível, sabendo que cada ação em prol a sustentabilidade importa e faz a diferença. É sobre reconhecer que o lixo é um erro de design e nosso planeta é finito, então é necessário criar NOVAS formas de se relacionar com ele. É além de apenas um produto, mas uma escolha que contempla toda uma cadeia sustentável e marcas engajadas em valorizar e preservar a sociobiodiversidade. É, pois é, mesmo nós mesmas, um único individuo, pode e deve fazer a diferença em busca de um meio ambiente mais equilibrado. Se engana quem pensa que não irá fazer a diferença, afinal foi assim que chegamos onde estamos hoje. É sobre as micro(r)evoluções diárias que podemos cultivar em nosso dia a dia.


Iniciar essa jornada de transformação é um processo delicado e que exige compromisso. E para isso, nada melhor do que conselhos de quem já passou por isso, não é mesmo? Acredito que a gente aprenda muito com a experiência do outro onde através dessas histórias podemos acessar dicas valiosas para facilitar nosso caminho. E aqui, me considero uma eterna aprendiz! Hoje fazem 6 anos que escolhi trilhar o caminho junto a cosmética natural e sigo aprendendo, então se você está começando hoje, lembre de ser gentil consigo. Busque também uma comunidade que esteja engajada com essa causa, converse com essas pessoas para entender suas motivações e como foi/é esse processo para elas. Todo conhecimentos e dicas são incríveis, mas não se esqueça... busque também experienciar por si próprio para sentir as suas percepções. Cada pessoa é única e claro que seu caminho na transição para cosméticos naturais também é.


Para mim, meu primeiro passo foi tomar consciência do impacto que os produtos que usamos diariamente têm em nossa rotina e no meio ambiente que amamos. Uma hora que a gente descobre algo, não tem como desver, não é? Então pesquisa sobre o assunto! Aqui em nosso site você encontra uma diversidade de conteúdos gratuitos do universo da cosmética natural, trazendo muitos conhecimentos sobre as plantas medicinais aliada a Aromaterapia Integrativa como também encontre muito material de qualidade na internet.


Um ótimo começo é nesse post incrível que preparamos com 4 Razões para você começar a utilizar Cosméticos Naturais


Hoje, quero convidá-las a tomar uma decisão consciente: escolher um produto para dar o primeiro passo rumo ao mundo da cosmética natural. Vamos começar com apenas um produto! Parece simples, não é mesmo? Pois é, nada de jogar tudo o que você tem ai fora que isso não é sustentável também. Primeiro, busque observar e fazer uma lista dos cosméticos que você mais utiliza em seu dia a dia! Veja quais são os cosméticos que mais entram em contato com seu corpo e aproveita para reunir eles um pouco em sua frente. Qual a função de cada um dentro da sua rotina? Quantos deles são naturais? Você conhece sua formulação? Sabe se passou por testes em animais? De que material são feitas as embalagens? Eles possuem um programa de logística reversa? Quem são os fornecedores das matérias primas? Observe, questione e reflita. Sem julgamentos, toda mudança deve começar de algum lugar. Agora escolha um cosmético convencional dentro desse grupo que você separou e busque uma alternativa mais natural. Uma ótima dica é escolher aquele que primeiro terminar e já estar com seu cosmético natural reserva para repor!


Um adendo interessante nessa parte: as vezes quando apresento meu trabalho, compartilhando a Vegalótus como esse movimento em prol a cosméticos naturais, veganos e sustentáveis, adoro também questionar se a pessoa conhece sobre e se ela vivencia em sua rotina. E algumas tendem a responder que não utilizam cosméticos em seu dia a dia, muito raramente. Por isso acontecer com uma certa frequência, bora primeiro falar sobre o que é um cosmético?


Entende-se por cosmético uma substância destinada a estar em contato superficial e externo em qualquer parte do corpo humano, incluindo: epiderme, cabelos, unhas, lábios, boca, genitais externos e zona das axilas, com diferentes finalidades que podem ser de higiene, proteção, alterar ou acrescentar odores e colorir. Ou seja, pode ser seu sabonete, pasta dental, desodorante, condicionador, creme hidratante, perfume, leave-in, maquiagens diversas, entre outros.


Mentalmente eu fico, tá mas nem um sabãozinho? Lava com água só o cabelo será? Aiai, brincadeira gente, sem julgamentos, mas pra mim, diante da minha histórias e hábitos, esses itens são essenciais. Claro que eu pergunto para a pessoa, e no fim tudo se esclarece, pois acaba que elas acham que cosmético se refere apenas a séruns faciais ou maquiagens e assim seguimos nossa troca refletindo sobre nossos hábitos.



Então, me contem, qual será o primeiro passo de vocês? Qual cosmético vocês escolhem trocar por uma opção mais saudável e sustentável? Isso não é apenas uma tendência passageira, é um resgate de saberes ancestrais como também é um presente que podemos dar a nós mesmos no presente e no futuro. É um caminho sem volta, por isso a sugestão de ser GRADUAL. Mudanças graduais são mudanças conscientes e mais resilientes.


Se te faltava motivação, chegou a hora de abraçar uma mudança que beneficie não apenas a sua saúde, mas também respeite o equilíbrio delicado do nosso ecossistema. É sim sobre você, mas somos partes integrantes nesse grande organismo vivo que é o planeta terra. Essa escolha também é nossa RESPONSABILIDADE!


Trocar produtos tóxicos por alternativas mais seguras não é suficiente. A realidade exige mais de nós. Com uma taxa de reciclagem de apenas 3% no Brasil, reciclar embalagens não é mais a resposta. A verdadeira mudança é regenerativa e começa com a redução da nossa pegada plástica, repensando as embalagens e as formulações dos produtos que usamos todos os dias. Para isso, se informe sobre os cosméticos naturais que deseja trazer pro seu dia a dia! Tem muito greenwashing por ai meus amores, é preciso ficar ligada!



O que é greenwashing? É a prática enganosa de empresas que se apresentam como amigas do meio ambiente e comprometidas com a saúde, quando na realidade estão longe disso. Elas usam rótulos bonitos, slogans atrativos e até palavras como "natural" e "ecológico" para criar uma fachada de sustentabilidade. Mas, por trás dessas afirmações, muitas vezes encontramos ingredientes prejudiciais, práticas não éticas e embalagens pouco amigas do planeta.


O greenwashing é uma armadilha que pode confundir até mesmo os consumidores mais conscientes. Quem não gostaria de escolher produtos que prometem ser saudáveis para nós e para o planeta? Mas a realidade é que a indústria de cosméticos está saturada de informações contraditórias e embalagens atraentes, o que dificulta a identificação do que é verdadeiramente sustentável.


Então, como podemos escapar desse labirinto de marketing enganoso e tomar decisões informadas?


Voltamos ao primeiro passo, educação é a chave. Precisamos nos informar sobre os ingredientes que devemos evitar. Um produto que alega ser natural deve ter uma lista de ingredientes que faça sentido, sem nomes difíceis de pronunciar ou substâncias suspeitas.

Segundo, devemos olhar além da embalagem e das palavras bonitas. Uma empresa comprometida com a sustentabilidade irá mostrar isso em todas as áreas de sua operação, desde ingredientes até embalagens e práticas de produção.


Vejam o exemplo inspirador dos produtos sólidos. Essas barrinhas incríveis contêm formulações limpas, ricas em ingredientes naturais como extratos botânicos, manteigas vegetais e óleos essenciais. Além disso, o design inteligente e a abordagem de desperdício zero as tornam ainda mais especiais. Concentradas e embaladas de maneira minimalista, usando materiais como kraft e celofane, elas nos lembram que menos é mais. As formulações não apenas são naturais, mas também valorizam nossa biodiversidade, incorporando espécies nativas e trazendo a natureza para o nosso dia a dia.


"Nati, fiz um reconhecimento dos cosméticos que utilizo no meu dia a dia e escolhi um para fazer essa transição. E o segundo passo?"


O próximo passo nos leva a explorar alternativas inovadoras. Essa jornada é uma mistura de consciência, escolhas e, acima de tudo, ação. A transformação começa internamente, guiada pelo nosso coração e abastecida pela motivação. A transição nos desafia a mudar, a desconstruir padrões enraizados em hábitos antigos e a questionar escolhas que fizemos no passado. Não tínhamos as informações que temos agora para fazer escolhas diferentes. Entretanto, agora que você possui esse conhecimento, bora para a ação? Experimente cuidar do seu corpo com um cosmético natural! Se permita sair do automático e buscar novos hábitos mais saudáveis e sustentáveis pro seu dia a dia.


Convido vocês a se unirem a essa revolução consciente. Foi transformador em minha vida trazer esses cosméticos para caminhar comigo com a presença das plantas medicinais que ensinam um tanto. Eles que me motivam também a cuidar mais de mim, cultivando rituais de autocuidado que tanto em ajudam a estar presente e encontrar um momento para restaurar a energia.

Por isso, a dica de hoje é...


Abram-se para escolher e vivenciar de forma gradual, consciente e gentil consigo mesma essa transição para a cosmética natural. Conta pra mim, qual produto convencional você escolherá substituir por uma alternativa mais natural e sustentável? Talvez um sabonete, desodorante ou até mesmo um shampoo? Quem sabe um perfume botânico, creme hidratante ou balm labial?


Escolher a cosmética natural não é apenas seguir uma tendência; é celebrar o presente e o futuro. Juntos, somos a força que impulsiona essa mudança. Nossa jornada começa com uma pergunta simples: Qual será o seu primeiro passo? Lembre que cada passo importa!


Sejam bem-vindos a essa jornada de beleza natural consciente!



Comments


bottom of page