top of page

Vamos juntas cuidar do nosso planeta? Saiba mais sobre a Economia Circular!


Economia Circular

Economia Linear x Economia Circular: Como Cuidamos do Nosso Planeta


Você já parou para pensar que os recursos do nosso planeta são finitos? É responsabilidade de todos nós repensar a forma como consumimos para evitar o esgotamento desses recursos. Você sabe a diferença entre economia linear e circular? A economia linear projeta produtos sem considerar seu destino final, resultando no famoso "pegar-usar-jogar fora" e gerando toneladas de resíduos. Já a economia circular valoriza a reutilização de resíduos, estendendo a vida útil dos produtos, o que resulta em menos resíduos e menor consumo de recursos naturais.


O Que é Economia Circular?


A Economia Circular é uma abordagem inovadora que repensa nossa relação com o planeta, reconhecendo que os recursos são limitados e propondo estratégias inteligentes e sustentáveis em contraste com a economia linear tradicional. Um marco que nos fez refletir sobre o impacto ambiental que o ser humano gera foi o livro "Primavera Silenciosa" (1962) de Rachel Carson, que conscientizou o público sobre o meio ambiente e a destruição da vida selvagem devido ao amplo uso de pesticidas.

A Economia Circular se inspira na natureza, onde o desperdício de uma espécie se torna o alimento de outra, criando um ciclo de energia.


Temos quatro princípios fundamentais:

  1. Resíduos se Tornam Alimento: Os resíduos são transformados em nutrientes em novos processos, dando origem a produtos ou materiais que podem ser reparados, reutilizados, atualizados ou reintegrados em novos ciclos com a mesma ou até melhor qualidade, em vez de serem descartados.

  2. Construção de Resiliência pela Diversidade: A riqueza dos ecossistemas está na diversidade, onde a cooperação é fundamental para o equilíbrio de todos os elementos.

  3. Uso de Energia Renovável: A energia renovável provém de recursos naturais que se regeneram naturalmente, como sol, vento, chuva, marés e energia geotérmica.

  4. Pensamento Sistêmico: A Economia Circular promove um pensamento interligado e conectado entre as pessoas, lugares, negócios e ideias, criando uma conexão entre mente, corpo e planeta.

A palavra "economia" tem origem no latim "OECONOMIA", que por sua vez deriva do grego "OIKONOMIA", ambas significando a administração de uma casa ou lar. A economia circular propõe que essa administração atue em sinergia com a biosfera. Ao invés de olharmos para os subprodutos, bens danificados ou indesejados como "lixo", esses itens, na economia circular, tornam-se matéria-prima e insumos para um novo ciclo de produção.

O modelo linear, baseado na prática de 'extrair-produzir-descartar/desperdiçar' em um planeta com recursos finitos, traz o risco iminente de esgotamento de matérias-primas e desequilíbrio ambiental. Esse modelo gera um volume sem precedentes de resíduos inutilizados, potencialmente tóxicos para a natureza. O propósito da economia circular é ajudar a criar novas e mais inteligentes formas de habitar este planeta generoso, com empatia e amor pelo nosso lar. Assim, o destino final de um material deixa de ser uma questão de gerenciamento de resíduos e se torna parte do processo de design de produtos e sistemas.


"Todo lixo é um erro de design".


Na Vegalótus, estudamos e planejamos nossa gestão, produção e estratégias com base nesses princípios, desde a origem até o destino final. Em nossa linha de produtos, utilizamos embalagens retornáveis e opções de refil, todas feitas de vidro, metal ou papel. Nossas formulações são naturais e sustentáveis, valorizando a sociobiodiversidade. Continuamos a aprender e descobrir maneiras mais respeitosas de cuidar de tudo e promover a conexão entre corpo, mente e natureza. Cuidar de nós mesmos está intimamente ligado ao cuidado de nosso planeta, afinal, somos parte da natureza.





6 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page