top of page

Outubro Rosa e Cosmética Natural: Cuidados que Vão Além da Estética


Como deixar passar em branco esse movimento tão especial que rola no mês de Outubro? Já ouviu falar em Outubro rosa? E afinal, qual a relação com a cosmética natural que praticamos? Hoje quero contar um pouco para vocês sobre isso, então pega um cházinho e vem sentar comigo que o assunto é necessário e importante.


Você sabia que...


O Outubro Rosa é um movimento internacional que teve origem na primeira Corrida pela Cura, promovida pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, no início da década de 90. Desde então, muitos países e instituições participam dessa mobilização. O nome da campanha remete à cor do laço rosa, que se tornou símbolo da luta mundial contra o câncer de mama. Esta data é celebrada anualmente e desempenha um papel crucial ao dar visibilidade a uma das doenças que mais afeta mulheres em todo o mundo. O câncer de mama é a quinta causa de morte por câncer em geral e a mais frequente entre as mulheres. Nas últimas cinco décadas, temos observado um aumento alarmante no número de casos. O Outubro Rosa visa compartilhar informações, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso a serviços de diagnóstico e tratamento, e contribuir para a redução da mortalidade. Este é o mês que nos convida a cultivar o autocuidado, incentivando-nos a observar mais atentamente nosso corpo e seus sinais, a fim de identificar desequilíbrios. O autoexame é uma ferramenta crucial, e nosso propósito hoje é facilitar isso para você. Para quem ainda não tem esse hábito em casa e gostaria de saber mais, ao final desse blog, você encontrará um guia para te auxiliar a trazer para seus rituais de autocuidado a prática do autoexame. Conhecer intimamente o nosso próprio corpo é o primeiro passo para identificar quando algo não está certo, tornando-se assim uma prática fundamental de prevenção. Se a gente não tem o costume de se observar diariamente, como podemos identificar se algo não é natural? Bora se tocar mais e se sentir mais para criar intimidade com esse corpo, isso também é sobre saúde.


O Que é o Câncer de Mama?


O câncer é uma doença crônica caracterizada pelo crescimento desordenado de células neoplásicas, resultado de alterações no código genético. Acredita-se que de 5 a 10% dos casos de câncer de mama tenham caráter hereditário, enquanto o restante está associado a danos no material genético que se acumularam ao longo do tempo, causados por fatores físicos, químicos ou biológicos. Compreender esses fatores de influência nos permite adotar medidas preventivas. Além do autoexame, é aconselhável incorporar práticas que promovam a qualidade de vida e a saúde, como seguir uma alimentação equilibrada, livre de agrotóxicos, e o uso de cosméticos naturais.

Disruptores Endócrinos nos Cosméticos Convencionais



Dentro da cosmética, gosto de dizer que existem verdades inconvenientes. Como assim, Nati? Alguns componentes presentes em cosméticos convencionais são conhecidos como disruptores endócrinos, ou seja, substâncias que interferem no sistema endócrino, desregulando as funções hormonais e afetando os receptores de estrogênio. Isso pode levar ao crescimento descontrolado de células. Essas substâncias químicas, conhecidas como xenoestrógenos, têm propriedades semelhantes ao estrogênio produzido naturalmente pelo corpo, o que as torna capazes de desencadear funções análogas e aumentar a síntese desse hormônio. Sim, há estudos e pesquisas que já comprovam esse efeito mas ainda é permitido que seja utilizado essas substâncias na cosmética. Como? Os estudos são feitos separadamente com cada substâncias e são utilizadas quantidades ditas como "seguras". Mas aí está o problema, não é apenas no seu creme hidratante ou no seu shampoo, elas muitas vezes estão em todos os cosméticos. E se engana quem acha que é apenas uma substâncias como os parabenos, temos também os ftalatos, triclosan e BPA por exemplo. De pouco em pouco, nosso organismo fica sobrecarregado e não consegue se desintoxicar naturalmente.


O problema é agravado pelo fato de que essas substâncias são ACUMULATIVAS. Exemplos de xenoestrógenos incluem pesticidas, conservantes e fragrâncias sintéticas. Essas substâncias podem entrar no organismo humano não apenas através de cosmético, mas também pela ingestão de alimentos contaminados por resíduos de agrotóxicos ou da exposição a produtos de limpeza domésticos. No caso de cosméticos, desodorantes e cremes hidratantes são aplicados diariamente, muitas vezes na região da axila e ao redor da mama, o que expõe continuamente essa área a uma ampla variedade de xenoestrógenos. Essas substâncias são absorvidas pelas camadas profundas da pele. Um estudo realizado durante 21 anos na Inglaterra e Escócia constatou que a região de maior incidência de câncer de mama era o quadrante superior 17, justamente onde esses produtos cosméticos eram mais aplicados. Uma vez absorvidos pelo corpo, esses xenoestrógenos permanecem no organismo. Quanto mais absorvemos, maior a quantidade de substâncias nocivas presentes em nosso corpo.


Se existe uma alternativa aos cosméticos potencialmente cancerígenos, por que não optar por ela? Ler os rótulos dos produtos é uma maneira importante de identificar ingredientes artificiais ou sintéticos que você deseja evitar em seus produtos de cuidados pessoais. Optar por ingredientes naturais e fórmulas mais simples pode ser uma escolha mais saudável para a pele e o meio ambiente.


Hoje iremos trazer 3 ingredientes presentes nas formulações cosméticas tóxicos a nossa saúde e dicas de como evitar:


1. Parabenos (INCI: Methylparaben, Ethylparaben, Propylparaben, Butylparaben):

  • Origem Artificial:Parabenos são conservantes sintéticos amplamente utilizados em produtos cosméticos.

  • Malefícios: Existem preocupações sobre o potencial de desequilíbrio hormonal devido à capacidade dos parabenos de imitar o estrogênio. Eles também podem causar irritação da pele.

  • Como Evitar: Leia os rótulos dos produtos e procure opções "livres de parabenos". Prefira produtos que usem conservantes naturais ou alternativos.


2. Silicone (INCI: Dimethicone, Cyclomethicone, Phenyl Trimethicone):

  • Origem Artificial: Silicones são compostos sintéticos usados para melhorar a textura e a sensação dos produtos cosméticos.

  • Malefícios: Embora deem uma sensação suave à pele, podem obstruir os poros e levar a problemas como acne.

  • Como Evitar Leia os rótulos em busca de produtos que sejam "sem silicone". Opte por produtos que utilizem ingredientes naturais para proporcionar hidratação à pele.


3. Fragrância Sintética (INCI: Fragrance, Parfum):

  • Origem Artificial: Fragrâncias sintéticas são compostas por uma mistura de produtos químicos artificiais e não são derivadas de fontes naturais.

  • Malefícios: Algumas fragrâncias sintéticas podem conter substâncias alergênicas ou irritantes para a pele.

  • Como Evitar: Procure por produtos "sem fragrância sintética" ou "aroma natural". Prefira produtos com fragrâncias derivadas de óleos essenciais naturais ou identifique fragrâncias específicas a evitar nos rótulos.



Cosméticos Naturais e Orgânicos: Uma Escolha Saudável



Trocar cosméticos convencionais repletos de ingredientes sintéticos por formulações mais naturais e orgânicas é uma forma de prevenção contra o câncer. É cuidar de si e do seu corpo, enquanto respeita o meio ambiente. Os cosméticos ecologicamente corretos são feitos com matérias-primas derivadas do reino vegetal e mineral, valorizando a biodiversidade e promovendo a saúde, tanto para nós quanto para o planeta.


Nós acreditamos que a prevenção é o melhor caminho, e escolher produtos naturais é um passo importante nessa jornada. Não apenas cuidamos da nossa beleza, mas também da nossa saúde e do meio ambiente.


Neste Outubro Rosa, lembre-se de cuidar de si mesma e de fazer escolhas conscientes que promovam a sua saúde e bem-estar. A cosmética natural é uma aliada poderosa nessa jornada de prevenção contra o câncer de mama. Juntos, podemos fazer a diferença.


MOVIMENTO CLEAN BEAUTY (BELEZA LIMPA)


O movimento Clean Beauty ou beleza limpa no universo da cosmética natural é uma abordagem que enfatiza a utilização de produtos de beleza e cuidados pessoais feitos com ingredientes seguros, não tóxicos e naturais. Essa tendência está relacionada à preocupação com a saúde da pele e a busca por alternativas mais sustentáveis.


Os princípios do "Clean Beauty" incluem:


1. ngredientes Seguros: Produtos "clean" evitam ingredientes sintéticos, tóxicos ou controversos, como parabenos, sulfatos, ftalatos e fragrâncias sintéticas.


2. Transparência: As marcas de "Clean Beauty" priorizam a transparência, divulgando a lista completa de ingredientes em seus produtos e explicando o papel de cada um.


3. Sustentabilidade: Muitas marcas "clean" adotam práticas sustentáveis, como embalagens recicláveis e ingredientes orgânicos.


4. Bem-Estar Animal: Muitos produtos "clean" são cruelty-free, o que significa que não são testados em animais.


5. Educação do Consumidor: O movimento também envolve educar os consumidores sobre como ler rótulos de produtos e fazer escolhas mais conscientes.


Na Vegalotus, abraçamos o movimento Clean Beauty com paixão e propósito. Acreditamos que a verdadeira beleza não deve ser comprometida pela saúde da pele, nem pelo bem-estar do nosso planeta. Estamos comprometidos em oferecer produtos de cuidados naturais que são seguros, não tóxicos e sustentáveis. Nossa missão é ajudar você a se sentir bem em sua pele, sabendo que suas escolhas de beleza refletem cuidado com sua saúde e com o meio ambiente. A beleza limpa é uma jornada, e estamos empolgadas por você se juntar a nós nessa busca por um mundo mais saudável e belo.


Guia autoexame



 


Leitura auxiliar:



Comments


bottom of page