Aromaterapia

Atualizado: 29 de mar.



A aromaterapia é a uma terapia através dos aromas das plantas medicinais, utilizando substâncias naturais muito concentradas chamadas de óleos essenciais (OE), com objetivo de proporcionar saúde, mudanças de comportamento e desenvolvimento pessoal.


Essa prática holística consiste em promover momentos de conexão com a natureza, onde interagimos com a energia da planta na sua forma mais concentrada, que carregam sua sabedoria e possui propriedades medicinais e terapêuticas em nosso corpo físico, mental e emocional. É uma prática pautada em estudos científicos e experiências, que busca manter ou resgatar a saúde de forma natural e integrativa.



O que são os óleos essenciais?


Os Óleos Essenciais são substâncias complexas, com ampla abrangência de benefícios emocionais, físicos e mentais. Eles se apresentam em todos os reinos da natureza, no mundo dos animais e das plantas e também em microrganismos, como substâncias naturais que se vaporizam. Aparentemente todos os organismo vivos se comunicam com seu ambiente por meio dessas substancias olfatoriamente ativas. Incrível, não é mesmo?


Queremos falar hoje sobre os OE presentes no Reino Vegetal, visto que em todas as plantas verdes terrestres possuem óleo essencial. Porém, algumas vezes a planta tem tão pouca quantidade de OE que é impossível extraí-lo. Nesse contexto, OE é todo um grupo de princípios ativos naturais encontrados em milhares de plantas, principalmente nas aromáticas, que participam em primeira linha de funções biológicas do vegetal do qual se origina, como proteção, no metabolismo e conservação da espécie.


Os óleos essenciais são conhecidos pelos alquimistas como a alma das plantas.


Possuem inúmeros benefícios, podem ser imunoestimulantes, sedativos, calmantes, antidepressivos, bactericidas ou até melhorar nosso humor. Eles estão presentes nas plantas em pequenas concentrações em percentuais diferentes para cada variedade. Podem ser encontrado nas folhas(hortelã pimenta), nas raízes(vetiver), no caule(copaíba), nos frutos(laranja doce), nas flores(lavanda) e sementes(erva doce)!


Vamos supor que em média seria em torno de 1% de óleo essencial(muitas vezes menos que isso) por quilo de planta, teríamos então para cada litro de óleo essencial o equivalente a 100kg de material vegetal. Ou seja, são substâncias muito concentradas que carregam a alma da planta ,podendo concentrar em média mil vezes mais plantas do que um extrato.


Essa primeira reflexão é importante para uma boa aplicação e uso seguro dos óleos essenciais, sendo para cada forma de aplicação indicadas diluições que merecem uma boa atenção.


Mesmo sendo substâncias naturais, devemos sempre lembrar dos ensinamento de Paracelso, médico e físico do século XVI, “A diferença entre um remédio e um veneno está na dose”.


Os OE(óleos essenciais) exercem um efeito sobre a totalidade do ser humano, sobre o corpo, alma e espiritual, atuando no campo físico, emocional e vibracional. Usaremos como exemplo o OE de eucalipto globulus, com 80% de 1,8-cineol extraído por destilação das folhas da arvore. O efeito físico é expectorante, analgésico e anti-inflamatório. Seu efeito emocional promove clareza de pensamentos, auxilia em casos de melancolia, tristeza e pensamentos obsessivos, promovendo uma limpeza para o corpo e mente. No vibracional ele é um OE que promove uma expansão da consciência, trazendo muitos insights, estimulando a intuição e foco. Percebem quantas ações simultâneas e interdependentes?


Apesar de chamados de óleos, um nome que pode remeter a uma substância pesada, graxa, é por ser apolar, sendo substancias leves e nada gordurosas. São extratos altamente concentrados, puros, voláteis e não se dissolvem em água. São responsáveis pelas funções biológicas secundárias da planta como proteção contra pragas, comunicação com plantas e polinizadores, conforto térmico, entre outros. Essas magias da natureza que são responsáveis pelo aroma característico de cada planta e são extremamente complexas, podendo ter de 20 a 200 componentes químicos diferentes.


Os principais métodos usados na aromaterapia para interagir com os óleos essenciais, de forma geral, são: a inalação e aplicação tópica .


🌼Quando inalados, as partículas voláteis entram em nossos canais olfativos, acessando sensores e diversas regiões cerebrais, entre elas o sistema límbico, centro responsável pela memória olfativa e pelas emoções. O aroma é inalado, e parte dele vai para os pulmões, que através dos alvéolos levam os componentes químicos dos óleos essenciais para a corrente sanguínea.


Exemplos de como se beneficiar 》Difusor pessoal, difusor a vapor, difusor elétrico de tomada, difusor a vela, aromatizador, perfumes, entre outros.


🌼Sobre a pele, esse manto que protege nosso corpo, são absorvidos pela epiderme e gradualmente liberados para a derme. Na derme são levados pela corrente sanguínea a diversas regiões do corpo atuando de formas específicas conforme a propriedade do óleo essencial.


Exemplos de como se beneficiar 》Creme hidratante, pomadas, shampoo, óleo terapêutico, tônico, bálsamo, gel de limpeza facial, entre outros.


As formas de aplicação dos óleos essenciais formam um universo muito amplo.


Os óleos essenciais são lipossolúveis, ou seja, eles se solubilizam em gordura. E nós temos muita gordura no nosso corpo, a começar pela pele, que naturalmente possui uma camada de sebo. Então não há barreiras em nosso corpo para que os óleos essenciais se espalhem e ajam de forma rápida e eficaz.


Quando utilizamos os óleos essenciais na massagem ou na forma de um creme para os cuidados do dia a dia, eles penetram através das células, passando pela epiderme, derme e hipoderme com muita facilidade até nossa corrente sanguinea. Seu uso deve ser feito com consciência e responsabilidade, sempre atentando as contraindicações de cada óleo essencial antes de usar. É importante sempre observar que mesmo sendo naturais, são substâncias complexas e altamente concentradas, tendo variedades com componentes químicos que fazem interação com nosso corpo, podendo gerar efeitos adverso como interação medicamentosa, como também podem variar a pressão e possuir fototoxicidade.

Um exemplo é a fototoxicidade, ou seja, alguns óleos essenciais causam queimaduras na pele quando em contato com a luz solar por possuírem um componente químico chamado de furanocumarina. Basicamente, são os cítricos, como a bergamota e limão.


Cuidados na aplicação em gestantes, lactantes e bebês, as diferenças entre o tratamento para crianças e adultos e questões de diluição.


Como são extraídos os óleos essenciais?


O processo de beneficiamento do vegetal onde extraímos o óleo essencial pode ser feito por enfleuragem, destilação por prensagem a frio,extração por solvente, arraste a vapor ou hidrodestilação. Como cooproduto nos dois últimos processos, temos as maravilhosas águas vegetais, conhecidas também como água thermal ou hidrolato que contém em sua composição compostos aromáticos originais da planta! Os hidrolatos também são substancias trabalhadas dentro da aromaterapia, trazendo majoritariamente componentes hidrossolúveis e uma pequena parcela de lipossolúveis(encontrados nos óleos essenciais). Isso torna os hidrolatos semelhantes, mas diferentes que os óleos essenciais, sendo naturalmente diluídos. Uma forma mais sutil de interagir com a sabedoria das plantas, mas igualmente poderosa.


Você sabia que na Vegalótus nós trabalhamos com a destilação própria dos hidrolatos com ênfase em valorização de espécies nativas?


Na Vegalótus você encontra disponíveis hidrolatos produzidos a partir de destilação própria e com unidades limitadas a partir da disponibilidade de material vegetal. É uma honra cultivar a arte da destilação! A nossa mudança para Florianópolis possibilitou também o cultivo de plantas medicinais, podendo participar desse lindo ciclo da semente à planta, à colheita, ao processamento e manipulação/envase. Também trabalhamos com extrativismo sustentável, realizando coletas de plantas nativas como erva baleeira, aroeira e carqueja. Dessa forma, conseguimos valorizar essas espécies e vivenciar sua medicina através de hidrolatos. Se tiver interesse em conhecer mais, entra em contato com a gente e vem ver as variedades disponíveis no momento! Eles são maravilhosos e merecem um artigo em nosso blog só pra eles, não é mesmo? Hoje iremos conversar mais profundamente sobre os maravilhosos óleos essenciais, vamos seguir nossas reflexões aromaterapeuticas?



Óleo essencial x Óleo vegetal


Diferente dos óleos vegetais (OV), que também são substancias apolares, mas são substancias fixas, gordurosas. São uma forma que a planta tem de estocar energia, participando do seu metabolismo primário. Os mais diversos tipos de OV podem ser obtidos a partir da prensagem ou extração por solvente. Existem várias aplicações para os OV. Eles podem ser utilizados como óleo de cozinha, combustível, cosméticos e fitoterápicos. São também muito utilizados na aromaterapia, fazendo papel de carreadores dos OE.


Óleo essencial x Essência


Quem não gosta de um cosmético cheiroso para nos deixar perfumades? Aquele creme hidratante que perfuma a pele ou o shampoo que deixa todo banheiro com aroma delicioso na hora de aplicar? A maravilha dos biocosméticos é proporcionar esse conforto sensorial de forma natural, trazendo os maravilhosos óleos essenciais com seus aromas inebriantes.


Porém, principalmente na cosmética tradicional, o cheirinho que tanto gostamos é proveniente das essências sintéticas. Essas que normalmente encontramos no rótulo com a denominação em INCI (NTERNACIONAL NOMENCLATURE OF COSMETIC INGREDIENTS, ou seja, Nomenclatura Internacional de Ingredientes Cosméticos): Parfum.


Uma fragrância típica pode ter até 4000 substâncias diferentes. São sintéticas mas não sabemos o que compõem os ingredientes, pois não precisam ter fonte revelada. Podem causar problemas respiratórios (rinite,sinusite,etc), dores de cabeça, dermatites, vômitos e inúmeras disfunções. Ingredientes suspeitos de ser cancerígenos, como ftalatos ou tolueno são utilizados como solventes nessas fragrâncias. São produtos sintéticos derivados do petróleo cuja a finalidade principal é perfumar, sem pretensão de qualquer atividade terapêutica.


Por sabermos que a maioria tem potencial alergênico, na Vegalótus optamos por não utilizar as essências. Muito além de trazer apenas um cheiro gostoso, mas uma forma de interagir com a sabedoria das plantas. Bora fazer essa troca? Vem com a gente!


Aromaterapia e sua diversidade


Hoje existem mais de 300 OE diferentes sendo utilizados em práticas terapêuticas no mundo todo, em que pele, corpo, emoção e mente recebem, simultaneamente, os seus benefícios. Cada OE é uma ferramenta destinada a diversas finalidades físicas e emocionais. O uso de substâncias aromáticas acompanha o desenvolvimento de diversas culturas ancestrais, sendo os egípcios os mais famosos no uso de plantas aromáticas.


Apesar de ser milenar a utilização dos óleo essenciais, o termo aromaterapia é ainda muito novo. Essa designação surgiu apenas na década de 20, pelo Perfumista Francês René Maurice Gattefossé. Até então o uso de óleos essenciais era associado apenas à fitoterapia.


A aromaterapia é a prática de utilização desses óleos e nos fornece um conjunto de técnicas de aplicação. É nela que nos inspiramos para trabalhar com essas substâncias tão especiais, consideradas pela alquimia, a alma da planta!


São instrumentos de transformação que além de promover um bem estar físico com propriedades analgésicas, expectorantes, calmantes, ansiolíticas, por exemplo, trabalham aspectos vibracionais e emocionais, chegando em campos mais profundos. Aliados na jornada do autoconhecimento e possibilitando que se trabalhe a causa geradora dessa doença.


Se precisar, entre em contato com a gente que indicamos uma Aromaterapeuta para te guiar nesse Universo. A Aromaterapeuta será a profissional qualificada para te auxiliar a interagir com os óleos essenciais de forma segura, observando seu corpo de forma integrativa para indicar qual o óleo essencial para trabalhar suas necessidades e queixas. É um processo lindo que convida a cultivar autopercepção, emponderando e mudanças de comportamento para atingirmos nossos objetivos! A Aromaterapia é transformadora e nos lembra que a natureza tem poderosos poderes de cura. E somos natureza também, podendo encontrar essa força não só nas plantas medicinais, mas dentro de si mesmo.


Você sabia que na Vegalótus temos uma linha de óleos essenciais orgânicos 100% puros?


Com uma crescente busca de óleos essenciais, percebemos como é importante estarmos atentes a todo ciclo de vida de sua produção, que começa na semeadura na terra, seu manejo e podas onde esse material passa pela destilação por horas, até chegar no lindo vidrinho âmbar como vemos.


O óleo essencial é a energia mais concentrada da planta, demandando um grande volume para extração. Para seu uso sustentável, gostamos sempre de trazer a importância de conhecermos a procedência e lembrarmos de um ensinamento chave na aromaterapia: menos é mais, cada gota contém uma complexidade de componentes químicos e são altamente concentrado.


Para compartilhar os benefícios dos óleos essenciais em sua potência, depois de muita pesquisa, encontramos a Vimontti, a fornecedora de óleos essenciais que compõem nossa linha. Reconhecida por sua qualidade, fica localizada Boca do Monte, 7° Distrito de Santa Maria - RS, Região de morros, colinas e várzeas, de fauna e flora exuberante. Dedica-se ao cultivo, extração e comercialização de óleos essenciais através do seu manejo sustentável, com métodos orgânicos e ênfase na preservação do meio ambiente. Cultivados e extraídos no centro do Estado do Rio Grande do Sul, contam com um solo fértil com reconhecimento da equipe técnica e convênio com instituições de ensino superior para pesquisas. E como a sábia Ana Primavesi já disse: SOLO SADIO, PLANTA SADIA, SER HUMANO SADIO. As matérias-primas VIMONTTI são 100% autênticas de plantas, sem qualquer aditivo químico.


Na Vegalótus você encontra as seguintes variedades: eucalipto globulus, capim limão, alecrim, laranja doce e melaleuca. Acesse nossa loja aqui para comprar seus óleos essenciais.


Esperamos que tenham gostado desse conteúdo que preparamos para você para conversarmos mais sobre Aromaterapia. A arte dos aromas guia nossos trabalhos e vida, trazendo muitos ensinamentos que adoramos compartilhar com vocês! Caso sinta que alguém vá gostar de conhecer um pouco mais sobre aromaterapia, ajuda a gente a chegar a mais pessoas e compartilha esse texto!!


Abraços aroma terapêuticos para vocês!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo